Indieoclcok Entrevista: Moon Taxi


Recentemente o Indieoclock teve o prazer de falar com o Moon Taxi. A banda, formada em 2006 por Trevor Terndrup (vocal/guitarra), Spencer Thomson (guitarra), Tommy Putnam (Baixo), Wes Bailey (teclado) e Tyler Ritter (bateria), lançou recentemente "Hometow Heroes", o primeiro single lançado do seu quinto álbum de estúdio Silver Dream. Em nossa entrevista, pudemos saber um pouco mais sobre o a banda, o novo álbum e sobre com o grupo tem lidado com a quarentena e o distanciamento social.


Confira nossa entrevista com Moon Taxi:

Oi! Somos o Indieoclok, um site brasileiro de noticias de música indie/alternativa e estamos muito animados por entrevistar vocês!

Obrigado por nos entrevistar!


Primeiro, gostaríamos de saber de onde vocês tiraram a ideia para o nome da banda? 

Tommy e Trevor estavam tentando pegar um táxi em Nashville, mas sem nenhum sucesso. No fim, um deles, nunca conseguimos lembrar quem, desceu suas calças e “mostrou a lua”(abaixou as calças para mostrar o traseiro) na esperança de que táxi parasse. Não funcionou, mas tiramos o nome da banda disso!


No mês passado vocês lançaram o videoclipe acústico de “Hometown Heroes”, um vídeo emocionante com as fotos dos “heróis da terra natal” de seus fãs. De onde tiraram a ideia para este vídeos?

Diante dos eventos atuais, queríamos fazer qualquer coisa que pudesse levantar o animo das pessoas. Temos muitos fãs que trabalham em serviços essenciais e pareceu ser uma homenagem legal para aqueles que estão na linha de frente ter suas fotos e historias, de como eles representam o herói da terra natal moderno, enviadas pelos seus entes queridos. E a resposta foi esmagadoramente positiva.


Quem são seus heróis de sua cidade natal? 

Nós cinco temos familiares e amigos que trabalham na área da saúde de alguma foma. Eu fico constantemente espantado em como esse trabalho se tornou desafiador em resposta da pandemia e eu falo por todos nos quando digo que essas pessoas são nossos heróis.


“Hometown Heroes” é a primeira música de seu próximo álbum, Silver Dream. Vocês podem nos adiantar algo sobre o álbum? Tipo, quando será lançado ou qual a próxima faixa a ser laçada? 

Posso te dizer isso: terão mais dois singles lançados num futuro próximo e, se tudo der certo, o disco sairá logo em seguida. Nós originalmente havíamos planejado ter o Silver Dream lançado neste verão, mas tivemos que mudar nossos planos por conta da pandemia.


Qual a mensagem principal desse álbum?

Bem, decidimos chamar o disco de Silver Dream porque sentimos que essa coletânea de músicas representa memorias, especialmente essas boas que deixam esse brilho suave e nostálgico com você, quando as recorda. Um “sonho prateado"(silver dream) é algo que você lembra com fortes sentimentos, mas o efeito dele é interessante; como Trevor diz, ”Foi tão lindo quanto você se lembra ou foi tudo um sonho?”.

Vocês tem feito sua parte como heróis de sua cidade natal, fazendo parte da ações como o Small Business Live e a transmissão ao vivo do show no Exit/In. Qual a importância para vocês de fazer parte dessas ações sociais? 

Obrigado por dizer isso, mas nós apenas estamos tentando fazer nossa parte como todo mundo. É importante para nós tentar retribuir aos pequenos comércios e casas locais independentes que nos apoiaram no nosso começo. 


E como tem sido tocar em shows online?

É diferente, com certeza! Mas tem sido um sopro de ar fresco poder tocar novamente, mesmo que seja para uma parede do fundo de uma sala


Sobre o Brasil, tem algum lugar que vocês gostariam de visitar aqui?? 


Tem a opção de dizer ele todo!?!? Nós com certeza iriamos amar visitar o Brasil. Adoraria ir no carnaval e ter a experiencia completa. 


Gostariam de mandar um recado para seus fãs brasileiros? 

Queria dizer, “Fique Tranquilo!”(escreveram desse jeito mesmo, em português). Nos veremos cedo ou trade Brasil. 


Postar um comentário

0 Comentários