Teste

Depois de 4 anos Eluveitie retornou ao Carioca Club para uma apresentação incomprável!

Por: Erick Oliveira

Nesse sábado, 15/02, a banda de Folk Metal, Eluveitie. O evento aconteceu no Carioca Club, em São Paulo, espaço já conhecido da banda suíça, juntamente com os brasileiros da Tuatha de Dannan, também de inspiração Celta.

Esta é a primeira vez que o grupo europeu vem ao Brasil em sua formação atual e a passagem da banda pelo país faz parte da turnê Ategnatos.

A banda mineira, Tuatha de Dannan, abriu o evento com uma mistura interessante de elementos como guitarras e Guturais de Black Metal e musicas dançantes com flauta, banjo e violino, além de elementos extra palco, como os recursos de iluminação, fazendo o espectador entrar na música e viajar para a Europa Antiga, em meio a mitologia Celta, um mundo de bardos, fadas e gnomos.

Após sermos inseridos no mundo mitológico do "Povo da Deusa Danu", Eluveitie nos leva ainda mais a fundo nesta cultura pagã, contando com instrumentos folclóricos como harpa, viola de roda, bandolim, gaita de fole, flauta, violino e outros. E com letras muito bem fundamentadas nas últimas informações sobre a cultura e história dos povos celtas. Uma combinação, que, junto com um Metal de qualidade, nos leva para o meio de deuses místicos e guerras históricas.

O show contou com um set de 20 canções que combinou perfeitamente músicas mais recentes da banda, como Lvgvs e Catvrix, mais antigas como Helveitios, Omnos, A Rose For Epona e hits como Call Of The Mountains. Agradando tanto fans de longa data quanto os mais recentes e fazendo o público cantar junto e bater cabeça em todas as músicas.

Com toda essa mistura a apresentação teve momentos mágicos, como na música Artio, em que a cantora e harpista Fabienne Erni ficou sozinha no palco, após um desaparecimento repentino da banda, encheu o Carioca Club com uma energia mistica tribal, ao ficar envolta a fumaça e luz, parecendo um ser mágico, um espirito, enchendo o espaço com sua voz em um canto hipnotizante, o único momento em que todos ficaram parados, apenas ouvindo e assistindo e que, ao final da musica, fez a platéia explodir em aplausos. 

Outros momentos memoráveis foram: O solo do batera Alain Ackerman, a hora em que o flautista Matteo Sisti apareceu com a gaita de fole, com a bandeira do Brasil pendurada e o coro regido pelo vocalista, criador da banda,  Chrigel Glanzmann, no encerramento do show com Inis Mona.

Após a ultima canção a banda se despediu de forma carinhosa, deixando o publico com a sensação de satisfeitos e de que presenciaram um evento único.


Confira a Setlist:  


  1. Ategnatos
  2. King
  3. Nil
  4. Omnos
  5. Lvgvs
  6. Catvrix
  7. Artio
  8. Epona
  9. Thousandfold
  10. Quot Of The Raven
  11. Call Of The Mountains
  12. A Rose For Epona
  13. Kingdom Come Undone
  14. Alesia
  15. Solo De Bateria
  16. Havoc
  17. Tergenakô
  18. Helveitios
Bis:
  1. Rebirth
  2. Inis Mona

Postar um comentário

0 Comentários