Teste

Sincera e letal: conheça BLAISE MOORE

Por: Marco Victoy


Que o Canadá tem muito a oferecer ao cenário musical todos nós já sabemos. Tendo artistas de peso como Mac DeMarco, Carly Rae Jepsen e Alessia Cara representando o país, fica comprovado que carisma e talento é algo que os artistas canadenses tem de sobra. E com a cantora Blaise Moore isso não é diferente.

Situada em Toronto, a artista de 23 anos se apaixonou pela música após um episódio curioso, ela foi expulsa da turma de teatro de seu colégio na Nova Zelândia quando era mais nova. Depois disso ela passou a se interessar cada vez mais pelo mundo musical. E assim, seu primeiro projeto se deu com o lançamento do EP “London”, em 2016, que contava com 5 faixas, dentre elas “Hands”, “He don’t” e “Friends”.

Mas foi mesmo no começo de 2017 que a canadense ganhou destaque no cenário, depois do lançamento de seu videoclipe para a música “Friends”. 



Sobre o clipe, a artista contou que usou algumas de suas antigas mensagens de texto com o ex-namorado no rodapé, e que avisou para ele - que lidou bem com esse “ataque musical” de Blaise: "Quando eu estava fazendo o vídeo, eu queria colocar algo a mais nele que mostrasse meu ponto sobre o quão problemático era tudo. O vídeo em si é bem legal, mas ele não conta muito uma história. De certa forma, você tem que assistir o vídeo duas vezes. Uma pelas imagens, e outra pelas mensagens de texto.

Ela diz em entrevista para Billboard: "Eu avisei ele algumas vezes sobre alguma das coisas que eu estava fazendo, para que não surtasse e fizesse algo estúpido. É bom colocar a situação a meu favor e ficar tipo, ‘agora eu estou te usando para meus próprios fins criativos’”. A faixa não só agradou seus ouvintes, como também deu a visibilidade que Blaise precisava para começar a construir seu nome.

Com a repercussão positiva ela assinou contrato com a gravadora Interscope Records - mesma de Lady Gaga, Lana del Rey, Madonna e outros grandes nomes femininos da música. Posteriormente todas as músicas de “London” foram re-lançadas no EP “Laurence”, que ganhou 2 faixas novas e explorou um pouco mais o que era seu relacionamento - e termino - com o ex que intitula o trabalho.Usando assim sua experiência no amor para seus próprios fins artísticos - e tudo isso com, claro, uma pitadinha de vingança.
]
Já no fim de 2018, Blaise lançou seu novo EP “Temporary Her”. Depois de aproximadamente dois anos de produção, seu trabalho mais recente conta com 5 faixas, dentre elas “Godless”, “Feel It All The Time” e “Grips” - as três com clipes. Com a nova fase ela vem explorando uma estética mais “dark” e usando batidas mais marcadas com um pouco de sintetizadores para complementarem suas letras sinceras, porém letais.




Em suas redes sociais a cantora disse ter aprendido muito ao longo dessa última produção e que agora seu foco está em gravar novas músicas e lançá-las para que todos possam aproveitar. POR QUE OUVIR BLAISE MOORE? Por meio de suas produções, a canadense consegue expressar todo poder e sensualidade de uma artista que sabe bem passar sua mensagem da melhor forma. Com uma estética intimista, e até mesmo sombria, aliada à vocais aveludados e batidas que misturam o Indie com o R&B, e até mesmo Trap, ela tem tudo para compor suas melhores playlists daqui pra frente. 

*Recomendado para quem gosta de: BANKS, Kelela, Tinashe e Lorde. 
Mais: https://www.billboard.com/articles/columns/pop/7693407/blaise-moore-friends-video-revenge -pop-interview

Postar um comentário

0 Comentários