Teste

Entrevista: O duo SELVA fala sobre novas parcerias, influencias e paixão pela música!

SELVA | Foto: Divulgação
O SELVA é um projeto de música eletrônica que está na ativa há três anos. A ideia do duo é envolver diferentes influências sonoras, devido à vasta bagagem musical de Pe Lu e Brian, transmitindo energia e conectando o público por onde passam. O que chama a atenção é a performance dos DJs. Os dois se propõem a explorar o ambiente com sons de guitarra, bateria, equipamentos de discotecagem, além de outros elementos, saindo do tradicional set de um DJ e fazendo com que os fãs sejam testemunhas de um show completo. O SELVA segue uma linha de house music com influências pop, sons vocalizados, melódicos e com drops dinâmicos. A autenticidade do duo vem conquistando diversos fãs.

Nós conversamos com Pu Lu e Brian Cohen, dá só uma olhada:

Vocês poderiam contar para gente um pouco da trajetória da banda? Como foi a criação desse projeto?
O Selva nasceu em uma festa. E é até engraçado falar isso, eu e o Brian estávamos em uma festa de eletrônica e nos apaixonamos por aquilo ali. Nós dois estávamos em pausa nas carreiras e a muito tempo a gente vinha tentando engatar algum projeto em conjunto. E saímos de lá falando um para o outro “Cara vamos tentar produzir música eletrônica?” e a partir daquele momento Selva foi criando vida.

E vocês possuem parceria com artistas incríveis e conhecidíssimo na cena da música eletrônica como o Alok e Vintage Culture. Além desses dois, qual artista nacional que vocês gostariam de realizar uma parceria? E um internacional?
Poxa com alguns que inclusive são amigos nossos como a galera do Melim e o Vitor Kley... Somos afim de misturar! Gostamos de desafio. Estamos fazendo uma música com um rapper do rio que se chama “Morcego”, também tentando misturar um pouquinho do trap e do rap carioca com a história da música eletrônica. 

Internacional eu venho falando para todo mundo sobre a Billie Eilish. E retomei um amor pela Demi Lovato, vi um documentário dela recentemente e até falei pro Brian “Ela é da mesma gravadora que a gente” e só joguei no universo pois acredito fielmente nessas coisas (Risos).  

Quais são as influências musicais de vocês fora da cena eletrônica? Pode citar alguns artistas?
Nós temos uma base muito do rock, pop rock e pop punk. Oasis, White Stripes, Bring Me The Horizon, Green Day, Metallica, Blink-182 e também All Time Low. Todas essas influencias junto as de eletrônica nos ajudam a chegar numa identidade do Selva.

E as apresentações de vocês ao vivo são incríveis, vocês tocam bateria e guitarra, certo? O que não é muito comum em shows de eletrônica. Qual é a reação e o feedback da galera ao ver vocês ao vivo pela primeira vez?
O Selva nasceu em um momento muito propício, por conta do Alok e Vintage. Acho que é a primeira vez na história da música eletrônica que temos artistas brasileiros tão grandes e tão renomados quebrando um pouco a barreira do estilo assim, então eu acredito que nesse momento essas misturas e essas “ousadias” estão sendo recebidas muito bem e nós devemos isso a esses artistas que vem abrindo esse caminho.


E quais artistas vocês nunca deixariam fora de um festival?
Pe lu: Billie Eilish, John Mayer, Jack White e Oasis.
Brian: Blink-182, Billie Eilish, Post Malone e Bring Me The Horizon.

Recentemente foi lançado o vídeo clipe de ‘Amanhecer’. Quais as referências que vocês usaram no processo de criação?
Nós queríamos passar o que nós apresentamos ao vivo para o clipe. Para as pessoas que não conhecem o Selva ou que nunca tiveram a oportunidade de ir em um show ver um pouquinho do a gente faz. E o resultado foi exatamente isso, nós não poderíamos ter ficado mais felizes.




O que mais motiva vocês a criarem e produzirem música?
Eu acho que a gente tem ficado mais velho e percebido uma coisa mais profunda com a música, falando de mim e do Brian, é uma coisa que está muito intrínseco com o que nós somos como seres humanos, então nós fazemos música porque nós temos que fazer música. Primeiro de tudo eu acho que nós criamos música pra gente, e ter a oportunidade se conectar com outras pessoas por conta disso pra gente é necessário e fantástico. É meio que viver o sonho. 

E podemos esperar novidades de vocês ainda este ano? Pode contar pra gente?
Estamos com duas parcerias muito legais que estão para sair! Uma com o Di Ferreiro e outra com Matheus e Kauan. Pretendemos também lançar uma música por mês e acelerar o processo. Resumindo, vai ter muito clipe, muita música e muito show!

Selva e Di Ferreiro | Foto: Divulgação


O que você diria para artistas brasileiros que estão começando agora na cena e que se inspiram no duo SELVA?
O mais importante para qualquer pessoa é fazer uma música que te satisfaça, que você pense “Isso aqui sou eu”, independente do que estejam fazendo no mercado, acredito que o mais importante é fazer algo que você goste. Quando você confia e acredita em algo que está fazendo o caminho fica um pouco mais leve.

Entrevistador: Rogrigo Tostes
Pauta: Beatriz Manola

Postar um comentário

0 Comentários