Teste

Pop alternativo e muito estilo! Conheça Tessa Violet, sua nova "crush" musical

Tessa Violet no clipe de "Crush" | Foto: Printscreen do vídeo oficial.

"Eu não consigo focar no que preciso fazer", assim começa a música "Crush", da cantora e compositora Tessa Violet. Uma frase que com certeza muita gente consegue se identificar.

Talvez seja por isso que Tessa esteja ganhando tantos fãs rapidamente: Com suas letras sempre honestas e diretas, ela não faz rodeios e sempre narra com precisão como é ser jovem no século 21.


Tessa Violet Williams começou a carreira aos 17 anos, como Meekakitty, no YouTube. Ao contrário do que essa frase pode sugerir, no entanto, ela não iniciou  seu canal com foco em música. A cantora começou como vlogger, em 2007, e fazia de tudo um pouco: mostrava sua rotina e falava sobre seus interesses, produzia videoclipes para suas músicas preferidas, e até mesmo criava paródias.

Nesse meio tempo, ela trabalhava como modelo em Hong Kong e, posteriormente na Tailândia. Foi daí que surgiu seu interesse em K-Pop, apesar dela admitir que não tem ouvido muitas músicas do gênero recentemente.

O lado musical de Tessa sempre esteve presente em seus vídeos, mas só começou a ocupar o papel principal em sua vida quando, há alguns anos, um amigo esqueceu seu violão com ela, conforme conta em entrevista:

"Quando eu tinha 23 anos, um amigo esqueceu o violão no meu carro, então ele se mudou e não me disse seu novo endereço. E eu ficava tipo 'Oi, eu ainda estou com o seu violão, eu adoraria devolvê-lo, me manda o teu endereço que eu te envio pelo correio'. Mas ele não mandou, então eu pensei comigo mesma "É uma pena que ninguém esteja tocando esse violão, alguém deveria tocá-lo!" E aí eu decidi "Acho que eu deveria aprender a tocar violão". Eu comecei a tocar violão e a compôr, e acabou se tornando uma combinação muito boa. Eu queria muito uma nova forma de ser criativa, e isso aconteceu em uma época em que eu estava lidando com uma perda amorosa, então essa foi a minha forma de entender os meus sentimentos e transformá-los em palavras e músicas."

A partir de então, Tessa não parou mais. Ela deletou grande parte do seu conteúdo antigo e deu início a uma nova fase, deixando a Meekakitty de lado e dando espaço à Tessa Violet, cantora e compositora:


Seu carisma incomparável e o fato de Violet ter começado o canal na chamada "época de ouro" do YouTube, fez com que, rapidamente, ela acumulasse mais de 1 milhão de inscritos. Ela começou a parte musical postando covers e, posteriormente, mesclando-os com canções originais.

A cantora afirmou, em algumas ocasiões, que ficou com medo de seus fãs antigos não quererem acompanhá-la nesta nova jornada, já que mudara completamente o foco do canal. Contudo, vendo que hoje em dia ela acumula mais de 1,5 milhões de inscritos e mais de 37 milhões de visualizações só no single "Crush", vemos que Tessa não tinha com o que se preocupar.

A norte-americana lançou um EP, Halloway (2016), e um álbum, Maybe Trapped Mostly Troubled (2014). Atualmente, ela não pertence a nenhuma gravadora, mas está fazendo um novo álbum de forma independente, por meio de patrocínio direto dos fãs, pela plataforma Patreon.

"Bad Ideas", o próximo disco de Tessa, será lançado em três partes: os EPs ACT I, ACT II e ACT III, que juntos formarão o álbum completo em 2020. O ACT I começou a ser liberado quando a cantora disponibilizou a faixa "Crush" em julho do ano passado, "Bad Ideas" em novembro de 2018 e, mais recentemente, "I Like (The Idea Of) You", cujo clipe foi lançado no último sábado (11/05):



Por que ouvir Tessa Violet?

Além da estética dos seus vídeos que é impecável e super legal de assistir (e, vamos combinar, olha só o cabelo maravilhoso dela!). Tessa é uma jovem artista altamente criativa que, mesmo pertencente ao gênero musical mais popular do momento, o pop, está sempre inovando dentro dele.

Seja por causa suas letras super sinceras, como a de "Crush", onde ela basicamente admite stalkear o @ o tempo todo; ou em "I Like (The Idea Of) You", em que ela assume que no fundo não gosta da pessoa e sim da fantasia de um possível relacionamento com ela; que são muito facilmente relacionáveis.

Ou de suas melodias que também são impecáveis, já que ela incorpora elementos inusitados (como sons da fala cotidiana: assobios e interjeições), que fazem a música mais parecer uma conversa intimista; suas canções são sempre interessantes, e recheadas de elementos que mantém o ouvinte sempre curioso pelo que vem a seguir, sempre 100% interessado no que está escutando.

Toda essa abordagem direta, simplificada, e ao mesmo tempo, repleta de elementos criativos, fazem Tessa ser uma das principais apostas para a nova geração da música pop.



✷ Comece ouvindo"Crush", "Bad Ideas", "I Like (The Idea Of) You" e "Haze".

✷ Recomendado para quem gosta de: Lorde, Julia Michaels, Lily Allen e Bleachers.

Postar um comentário

0 Comentários