Teste

Conheça: Lomepal, o cantor parisiense que deu um "Flip" na vida

Lomepal, rapper/cantor | Foto: Konbini

Por: Lomepal Brasil
Lomepal, pseudônimo de Antoine Valentinelli, é um rapper, cantor e compositor francês. Desde 2011, ele luta através de suas músicas contra as injustiças e seus sonhos frustrados, que não permitiram que ele chegasse ao topo nem tão cedo.

Ele vem de uma família artística, criativa e boêmia de classe média. Porém, por volta de seus 13 anos sua vida virou de cabeça para baixo. 

É que surgiram problemas na vida do jovem Antoine: Seu pai abandonou a família, sua avó morreu, e seu núcleo familiar passou a ser composto apenas por ele, suas irmãs e sua mãe, Pascal Valentinelli. Como escreve em Sur le Sol: j'ai pas choisi d'être un adulte à treize ans” (eu não escolhi ser um adulto aos 13 anos).



É nessa mesma época que ele descobre o skateboard. Com o skate, o jovem Lomepal começa a sonhar, aprender sobre a vida e até participa de competições nacionais. É através do esporte também que ele encontra o rap e a música.

Em 2011, Lomepal lança sua primeira participação, em "A la Trappe", sob nome de Jo Pump, junto com o aclamado rapper francês Nekfeu, de quem era colega de escola. Para sua infelicidade, ele recebe mais um baque da vida: Longas críticas negativas sobre a sua participação na canção afetaram sua imagem pública.

Nos anos seguintes ele lança diversos EPs e participações, porém nenhum deles recebeu destaque notável pela mídia.


Ele só se torna conhecido por Flip (2017), seu primeiro álbum, certificado platina dupla desde outubro do ano passado, onde sem medo e de coração aberto, mostra um pedaço da sua vida pessoal frustrada, sua história com o skate (em Bryan Herman) e complicações amorosas.

Esse álbum entrega sua mais famosa faixa "Yeux Disent" e várias outras tão boas quanto, como "Club", "70" e "Pommade".

No final do ano passado ele lançou Jeannine, seu novo álbum que já é disco de platina dupla, e tem como inspiração sua avó, falecida há quase 20 anos. Nele, o cantor aborda como principais temas a loucura e a vida.


Lomepal é um artista que traz produções independentes, e, embora tenha começado no rap, hoje ele possui canções que misturam diversos gêneros, abrangendo inúmeros temas, desde amor e ego,  até questões pessoais e familiares.

Sua voz traz a suave e doce raiva da frustração e a melancólica felicidade da realização dos sonhos, que oferece a qualquer um a vontade de gritar, chorar, amar, refletir, ser criança e ter uma dose da bela e boa loucura.


Évidemment que je veux briller comme l'or, j'ai passé ma vie invisible comme l'air" (É óbvio que eu quero brilhar como ouro, eu passei minha vida invisível como ar) [Lomepal - Évidemment].

Que ele continue a ser ouro, para que cada vez mais pessoas possam apreciar seu brilho!

Se você ficou interessado(a) em Lomepal, não perca tempo e confira suas belas canções!


Recomendamos começar com: "Le Vrai Moi", "Trop Beau", "Yeux Disent" e "Plus de Larmes"

Ideal para quem gosta de: Rilès, Jain, Craig David e Maître Gims.

Postar um comentário

0 Comentários