Store

header ads

Cinema

Um filme teatral


Deus da Carnificina é um filme de Roman Polanski (Escritor fantasma, A hora do Rush 3), protagonizado por Jodie Foster (Plano de vôo), Kate Winslet(Titanic) e Cristoph Waltz(Bastardos inglórios), a história de uma hora e quatorze minutos se passa inteirinha dentro de um apartamento, o roteiro está embasado na discussão de dois casais a respeito de seus filhos que tiveram conflito na escola, porém o que parecia ser uma simples conversa acaba virando um tormento inacabável. 

O destaque dessa adaptação de teatro para as telonas vai para os atores, que mostram para os espectadores imensa catarse, pessoas que começam a discussão totalmente corretas e cheias de éticas de boa conduta, mas que depois de alguns acontecimentos acabam por perder a postura e revelar que não existe absolutamente ninguém que seja o que as regras sociais nos impõe.

A cena na qual Kate Winslet dentro do banheiro com seu marido começa a falar mal do outro casal, e a cena de Jodie Foster, ao mesmo tempo, criticando a postura do casal que também não está lá para ouvir, mostra uma total realidade humana.

A atuação é perfeita, o roteiro é intrigante, e o fato de o film te prender o tempo todo, mesmo sendo todo feito de discussões é o que torna-o fascinante, o diretor Polanski, que ao meu ver, não foi muito bem sucedido em seu último Bloockbuster " Escritor fantasma" , mostrou em Deus da carnificina uma obra muito bem feita.

Um filme que da enfase aos personagens, possuí critica social, e aos relacionamentos pessoais, e tem um desfecho incrível, merece ser visto. Eu indico.

Postar um comentário

0 Comentários