Store

header ads

Entrevista com Tiê: Deixa Queimar e novo álbum

Tiê é um dos nomes mais marcantes da música brasileira, com sua voz doces e letras viscerais, ela conquistou seu espaço na trilha sonora de novelas, séries e da vida de muita gente. Conversamos com a cantora sobre sua nova música, Deixa Queimar, os projetos e sonhos para o futuro. 

Indieoclock: Você está encerrando a era do seu último disco, Gaya, de 2017. Qual momento mais marcante desse trabalho?
Todo o processo do Gaya foi muito marcante após a perda da minha avó. E eu gostei bastante que consegui colocar duas músicas em novela, o que dá um alcance maior para as pessoas. Foi muito especial.

Indieoclock: Você lançou recentemente o maravilho single "Deixa Queimar" para a trilha sonora da série Carcereiros. O processo criativo de uma música para especificamente para uma trilha sonora é diferente? 
Não, na verdade meu processo é bem parecido. Recebi a encomenda e os detalhes sobre a personagem, então ficou uma música muito pessoal.

Indieoclock: O clipe é muito profundo e, ao mesmo tempo, delicado. Qual foi o maior desafio nas gravações?
A dança é bem na improvisação, não é coreografada, então foi bem diferente.

Indieoclock: Essa música fará parte do novo álbum? 
Sim, ela vai entrar no novo álbum. É uma música muito especial e tem uns elementos diferentes que a gente incorporou na música.

Indieoclock: Como está sendo o processo de produção desse novo disco?
Vai ser meu primeiro disco ao vivo, com participações, com o DVD também, com músicas novas pensadas para esse formato ao vivo e algumas do meu repertório também.

Indieoclock: E com qual novo artista brasileiro você gostaria de fazer uma colaboração? 
Isso eu não  posso falar por causa das parcerias na gravação do DVD!

Indieoclock: Qual lugar do mundo você sonha em tocar ou retornar com seu show? 
Acho que escolheria o México, eu nunca fui pra lá, então já conheceria e adoraria também fazer um show.

Indieoclock: Você acha que o Brasil está bem representado com os novos artistas que tem surgido?
Eu acho que sim, a cena nacional está surpreendendo. Os últimos lançamentos da Clarice Falcão (ouça aqui) e Anavitória (ouça aqui) mostram isso, elas tem músicas muito boas, então o Brasil está bem representado.

Indieoclock: Para terminar, o que você tem escutado bastante e as pessoas não imaginam?
Eu tenho escutado bastante Tame Impala ultimamente... Acho que é isso.

Atualmente, a cantora está trabalhando em seu próximo disco e, apesar do mistério todo sobre o processo e as parcerias que estão por vir, ela colaborou recentemente com Bemti e Falso Coral na faixa "Faísca". Será que teremos essa colaboração no palco?

Postar um comentário

0 Comentários