Store

header ads

Filme Review: A Head Full Of Dreams (Documentário)

Que os britânicos do Coldplay fazem o maior sucesso, esgotam ingressos em questão de horas e acumulam fãs no mundo inteiro, todo mundo já sabe. Porém, o lado menos glamouroso do grupo, sua rotina e suas origens, ninguém sabia muito sobre. Isso mudou quando, na quarta-feira (14/11/18), a banda responsável pelo hit "Yellow" exibiu em cinemas do mundo inteiro o documentário "A Head Full Of Dreams", com imagens e videos exclusivos, sobre os mais de 20 anos de sua existência.

Pôster do filme | Divulgação

O longa, dirigido por Mat Whitecross, exibiu imagens nunca vistas antes pelo público, contando histórias variadas desde a infância de cada membro da banda, seu encontro e formação, até os dias atuais e o resultado ficou incrível:


O longa tem aproximadamente 2 horas de duração, mas, segundo o diretor, ele poderia ser bem maior. É que em entrevista recente, Mat afirmou que tinha à sua disposição mais de 1.000 horas de material bruto e que ele e sua equipe não conseguiram assistir e editar tudo. Inicialmente, cogitou-se até a ideia de transformar o documentário em série, mas os membros da banda acreditaram que não era necessário, pois tinham medo de que isso pudesse entediar os fãs.

O documentário começa com o trecho de um dos primeiros shows do grupo, realizado em um pub próximo a universidade onde seus quatro integrantes estudavam. É bastante interessante ver que, mesmo no começo de tudo, quando ainda eram desconhecidos e atendiam por outro nome, o quarteto já mostrava que tinha talento e potencial para atingir o sucesso; mesmo sem fama ou contrato com gravadora, Coldplay já atraia um grande público aos locais em que se apresentavam, que, apesar de pequenos, ficavam sempre lotados de gente.

Fãs da banda receberão um verdadeiro presente ao assistir o filme: as imagens exibidas são inéditas e extremamente intimistas, isso os fará ter a sensação de que são o "quinto membro secreto" do grupo, que são amigos de longa data do Coldplay, já que podem vê-los por outro ângulo: um exclusivo e longe dos holofotes.

Coldplay | Obtida em: BBC Music

A forma como o filme é estruturado também é bem empolgante, principalmente se levarmos em consideração que durante boa parte da película são os próprios membros do Coldplay que o narram. O início do grupo e de sua amizade, os obstáculos enfrentados, e até mesmo fatos sobre suas vidas pessoais, são muito bem retratados, utilizando-se de um roteiro de muito bom tom, que permite ao espectador conhecer melhor o Coldplay, seus integrantes, e todo o universo ao seu redor,  mas sem "invadir" sua privacidade ou expô-los demais.

Apesar de emocionantes e intimistas, devido ao modo de filmagem adotado, as imagens podem ser um pouco desconfortáveis à alguns espectadores mais sensíveis, já que muitas delas são um tanto quanto "tremidas", principalmente as do início da carreira do quarteto.

Este é um ponto positivo, pois transmite ao espectador uma sensação mais aflorada de "realidade". Contudo, dependendo de quem assiste, este pode se mostrar como não sendo um recurso muito eficiente, afinal; já que pode confundir a atenção do espectador, que não consegue concentrar sua atenção em um foco principal. A origem individual de cada componente do Coldplay também não é abordada com muita profundidade, o que seria um fator interessante a ser melhor explorado.

O filme passa, no geral, uma mensagem muito positiva e especial, incentivando a todos a seguirem seus sonhos e não desistirem nunca. Ele é inspirador, tanto para músicos iniciantes que sonham em um dia atingir o estrelato, quanto para pessoas em geral que tenham algum grande objetivo. "A Head Full of Dreams" faz literalmente jus ao seu nome, e nos ensina que "uma cabeça cheia de sonhos" é capaz de torná-los realidade.

Postar um comentário

0 Comentários