Store

header ads

Conheça: Greta Van Fleet!


A primeira impressão que temos quando ouvimos o som do Greta Van Fleet é de que voltamos para os anos 70 e estamos ouvindo um disco de rock daquela época, mais especificamente, parece que estamos ouvindo um disco do Led Zeppelin, devido a semelhança não só na sonoridade das músicas, mas também na voz do vocalista Josh Kiszka que se parece bastante com a voz de Robert Plant.

A banda, que inclusive já foi elogiada por Plant em uma entrevista, foi criada em 2012 no estado de Michigan e é formada por 3 irmãos e um amigo. O grupo ganhou visibilidade e notoriedade somente em 2017, apesar de ter sido formado 6 anos atrás, devido ao lançamento do EP From The Fires, que contém 8 faixas. Ainda em 2017, a banda ganhou o prêmio de Melhor Artista Novo da Loudwire Music Awards.

As principais características da banda são a clara influência do blues, rock clássico e hard rock dos anos 70, além do pouquíssimo uso de sintetizadores e efeitos em suas músicas  (podemos até dizer que eles nem usam). Eles priorizam um som bem distorcido e cru cheio de riffs e solos de guitarra marcantes, além de claro fazerem um ótimo uso da poderosa voz do Josh, que é algo fantástico e pouco explorado nos dias de hoje. Greta Van Fleet nos remete à uma nostalgia de tempos antigos misturados com a modernidade.

A banda está sob grande holofotes atualmente, fazendo parte de grandes festivais ao redor do mundo, incluindo Bonnaroo e Lollapalooza (toca essa sexta lá), e pode inclusive fazer parte da versão brasileira do Lolla em 2019.

O Indieoclock separou algumas dicas de músicas dos caras para os novos ouvintes: Highway Tune, Edge Of Darkness, Safari Song, Flower Power, A Change Is Gonna Come e seu mais recente single When The Curtain Falls.







Postar um comentário

0 Comentários