Store

header ads

5 curiosidades sobre The 1975


Por Beatriz Manola

O nome The 1975 não tem nada a ver com o ano de 1975.

É isso mesmo! Matty tinha 19 anos e estava de férias quando comprou um diário que continham vários textos sobre depressão e suicídio. Um dos pontos que também chamou sua atenção foi pelo fato de que todas as páginas eram datadas com “1st of June, 1975”. E então achou interessante colocar como o nome de sua banda que anteriormente era intitulada como “Drive Like I Do”. 

1 de junho também ficou conhecido pelos fãs por conta da banda sempre fazer anúncios misteriosos envolvendo a tal data, como por exemplo lançamentos de novos singles e clipes.

“Is There Somebody Who Can Watch You” 

Voltando lá em 2013 com o primeiro álbum da banda, essa música que é a última faixa do trabalho e fala sobre uma fase de mudança total na vida do vocalista. Matty Healy afirmou em entrevista que em uma conversa com a banda eles analisaram o álbum por completo e se questionaram se havia algo que eles sentiam falta. Todos decidiram que precisava de um momento realmente reflexivo.

E então a música fala sobre deixar as pessoas para trás e em específico seu irmão mais novo. Os pais são divorciadas e sua mãe sempre foi muito ocupada com a carreira artística. Matty cuidava de seu irmão, até que as coisas mudaram após começar a se dedicar a compor suas músicas e a sair em turnê com a banda.
 
"Eu sei que sou eu quem deveria te amar
E quando estou em casa, sabe que tomo conta de você”. 

A música é apenas voz e piano o que combina com toda a proposta de algo mais intimista e pessoal. 



“Nana” 

Agora vamos falar das mulheres mais importantes na vida do vocalista, que inspiraram a composição de duas músicas do album ILIWYS:

A música fala sobre a morte de sua avó, a relação entre os dois, o desejo em vê-la novamente entrando pela porta da sala e que ele pudesse então contar a ela os eventos que aconteceram e ela perdeu... Matty fala com muito carinho sobre Annie, e em uma participação em rádio ele diz que sua avó o fez prometer que não faria mais tatuagens e assim que ela morreu ele afirma ter feito uma tatuagem no peito em sua homenagem. 


Nana
 

 
“She Lays Down” 

Abordando um assunto pesado e pessoal demais de sua vida, dessa vez o vocalista escreve sobre ele. A mãe do cantor teve uma depressão pós-parto, e confessou a ele quando o garoto já era adolescente sobre o quanto era difícil não sentir nada pelo próprio filho e ser incapaz de amar e cuidar dele ainda bebê. Matty diz que é muito difícil escrever sobre isso já que sempre se sentiu muito próximo a sua mãe. 


“I Like It When You Sleep, For You Are So Beautiful Yet So Unaware Of It”  

A banda The 1975 quebrou um recorde e passou a ter o álbum número 1 com o maior título em toda história da parada americana.
 

Postar um comentário

0 Comentários