Entrevista: Blossoms conta sobre a sua trajetória


Blossoms é uma banda britânica de indie pop/pop rock que conquista cada dia mais e mais fãs ao redor do mundo. Com o pé na estrada desde 2013, o grupo é formado por Tom Ogden (voz, guitarra),  Josh Dewhurst (guitarra), Joe Donovan (bateria), Myles Kellock (sintetizadores) e Charlie Salt (baixo).

Dessa vez, o Tá no Jukebox conversou exclusivamente com Tom. Confere aí:

Seu álbum de estréia teve uma boa recepção tanto do público quanto da crítica. Vocês esperavam por isso quando formaram a banda? E vocês tem alguma coisa planejada para o próximo álbum?
Tom Ogden - Quando nós começamos a banda não tínhamos ideia de que gravaríamos um álbum completo, nós só começamos pra ter algo a fazer em Stockport. Conforme as coisas progridem você começa a vislumbrar o que pode acontecer, então nós passamos a acreditar que estávamos escrevendo boas músicas que as pessoas poderiam se relacionar com. Nós acabamos de gravar nosso segundo álbum, que vai ser lançado no próximo ano, espero.

A banda já tem uma ótima base de fãs aqui no Brasil, vocês esperavam que a música de vocês fosse tão longe?
Tom Ogden - Com as mídias sociais tendo uma presença bem forte hoje, nós recebíamos tweets de pessoas no Brasil bem cedo, então é ótimo ver a música crescendo e crescendo por aí.

Como vocês se sentiram ao tocar em alguns dos maiores festivais do mundo, como Glastonbury e Coachella?
Tom Ogden - Nós nos sentimos honrados em tocar nos palcos grandes, e nós também sentimos que merecemos estar neles. É uma das melhores exposições que você pode conseguir como uma banda, tocar nesses festivais.

A banda abriu alguns shows do Liam Gallagher. Oasis – ou alguma outra banda – foi uma inspiração pra vocês de algum modo?
Tom Ogden - A Oasis do início era minha banda preferida, e ainda é até hoje. O elemento de euforia nas letras, e o fato de que eles eram apenas caras normais de um lugar similar ao nosso fez com que a gente acreditasse que tudo é possível.

Recentemente, vocês tocaram com o Declan McKenna. Com que outro artista vocês gostariam de dividir palco?
Tom Ogden - Eu diria qualquer um dos meus heróis, Alex Turner ou Noel Gallagher.

Vocês tem alguma música preferida para tocar ao vivo?
Tom Ogden - Deep Grass é sempre divertida de tocar ao vivo, eu deixo a guitarra de lado e consigo andar pelo palco um pouco mais.

Nós sabemos que o Charlie gosta de tirar fotos. Que outras coisas vocês gostam de fazer como hobbies?
Tom Ogden - Eu sempre gostei de criar filmes desde que tinha uns 14 anos, então pra mim é criação de filme. Joe gosta muito das roupas dele e de moda.

Pergunta rápida: quem ganharia um “troféu desastrado” na banda?
Tom Ogden - Myles, definitivamente,

E o “troféu dorminhoco”?
Tom Ogden - Myles também.

E qual de vocês teria mais chance de se tornar Primeiro Ministro da Inglaterra?
Tom Ogden - Josh, ele conduziu uma campanha impressionante quando nós fomos nomeados para o Brit Awards esse ano.

Os fãs brasileiros esperavam que vocês estivessem na lineup da próxima edição do Lollapalooza, mas isso ainda não aconteceu. Ainda assim, existe algum plano para que vocês venham e toquem no Brasil?
Tom Ogden - Eu acho que definitivamente existe um plano pra ir, eu espero que com nosso segundo álbum lançado nós possamos ir e fazer alguns shows.

Vocês tem uma lista com os “top 3” lugares onde vocês não tocaram ainda, mas adorariam?
Tom Ogden - Eu acho que a América do Sul tem estado no topo da lista por um bom tempo, então vou dizer Brasil, México e Argentina.

Como surgiu a ideia para fazer o “All Night Long”? Foi fácil montar o projeto e traze-lo para a realidade?
Tom Ogden - Já que eu sempre tive interesse em criar filmes, e eu não consegui fazer isso desde que a banda ficou muito ocupada, então eu decidi atrelar uma coisa a outra e nos filmar na estrada por 3 semanas numa turnê americana. Ficou muito bom no final.

E por último mas não menos importante, como você descreveria a música da Blossoms para as pessoas aqui do Brasil que ainda vão escutar vocês?
Tom Ogden - Nós sempre dizemos guitar-synth pop.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recent

recentposts

Random

randomposts