How Did We Get So Dark? O novo disco do Royal Blood

Por: Tatiane Teixeira

Royal Blood acabou de lançar seu segundo trabalho, o disco How Did We Get So Dark? Com as 10 faixas presentes a banda mostra a continuidade do som e melodia do primeiro álbum, mas com um pouco mais de amadurecimento e malícia.



How Did We Get So Dark? É um álbum que faz o Royal Blood soar como uma banda clássica, um rock pesado com um pouco de banda de garagem, uma música gostosa de ouvir, cheia de Riffs, com bateria marcante e um baixo que vem rasgando, o duo que é composto por baixista e baterista que não deixam a desejar na sonoridade por serem apenas em dois.

O Royal Blood vem ganhando espaço na cena musical, principalmente alternativa, da atualidade, o grupo que começou a ganhar destaque abrindo os shows do Arctic Monkeys e vem crescendo sem parar, lança o novo disco, que é muito bom, em um momento perfeito para o banda.

O novo disco não é altamente conceitual, mas é bem construído, com músicas que mesmo diferente se conectam, com uma melodia bem estruturada, que dá vontade de ouvir. O álbum traz faixas bem intensas e mais fortes, como a que abre o trabalho e leva o nome dele, How Did We Get So Dark? Que chega dizendo: " Isso é apenas a primeira faixa, tem muito mais pro vir", a segunda faixa também forte e muito boa Lights Out, que é um dos singles já lançados e com clipe. 


De uma maneira geral as faixas trazem um pouco do rock dos ano 90 com o começo de 2000 para quem escuta, se parece um pouco com Muse, Queens Of The Stone Age, Soundgarden, e entre outras bandas que surgiram nessas decadas, o Royal Blood traz essa musicalidade com uma pegada de contemporaneidade e fica muito legal.

Se esse álbum tem algum defeito é o fato dele ser curto, com um pouco mais de meia hora, vale a pena conferir o novo trabalho do duo que promete fazer muita música boa nesses anos que estão por vir.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recent

recentposts

Random

randomposts