Store

header ads

Especial Lollapalooza 2016: MUMFORD AND SONS



Por: Tatiane Teixeira

O Indieoclock vai apresentar uma banda por semana todas as terças até o Lollapalooza, a banda de hoje é o Mumford And Sons, que vai tocar pela primeira vez no Brasil no dia 12 de Março na quinta edição do festival aqui no país.

O Mumford and Sons é uma banda inglesa que tem 4 integrantes, Marcus Mumford ( Vocalista, guitarrista) Ben Lovett ( Vocalista, teclado, arcodeão e bateria) , Winston Marshall ( Vocalista, violão e Banjo) e Ted Dwane (Vocalista contrabaixo, violão e bateria), como da pra perceber são apenas 4 integrantes, porém, quatro integrantes que tocam vários instrumentos de acordo com o que for necessário para a música. O quarteto não segue tendências, e segue dando para as canções ritmos de Folk com rock, indie e elementos próprios que definem a banda.


O Mumford and Sons lançou seu primeiro álbum de estúdio, o Sigh No More, em 2009 no Reino Unido, chegando nos Estados Unidos em 2010 e atingindo o top 200 da Billboard no mesmo ano. 2010 foi um bom ano para a carreira da banda, pois foi também nesse ano que a banda foi indicada a dois Grammys, melhor artista revelação e Melhor música de Rock com Little Lion Man. (Vídeo da música aqui em baixo )


Os meses seguintes foram a preparação para o álbum que consagraria a banda, Babel foi lançado em setembro de 2012, o Single I Will Wait, despontou em vários países, chegando nas rádios brasileiras em 2013, e fazendo o público brasileiro, pelo menos o  desprovido de internet, finalmente conhecer Mumford And Sons. Babel ganhou o Grammy 2013  de melhor álbum do ano, e I Will Wait foi apresentada na premiação. Ainda em 2013 eles também levaram o BRIT de Melhor banda britânica.


Vídeo de I Will Wait no BRIT 2013



No final de 2013, após dois meses de hiato, a banda anunciou que estava trabalhando em seu novo álbum, disco esse que foi intitulado Wilder Mind lançado em Maio do Ano passado. Mas antes mesmo do lançamento do novo trabalho, dia 3 de março de 2015 a banda divulgou as faixas do álbum e também a capa, logo no dia seguinte, o primeiro single foi divulgado, Believe, em Abril foram divulgadas as canções Snake Eyes e The Wolf, Snake Eyes ainda não chegou às rádio brasileiras e The Wolf chegou em agosto de 2015. 



Wilder Mind foi produzido por James  Ford que
já trabalhou com o Arctic Monkeys, esse terceiro álbum do Mumford And Sons gerou muitas questões entre os fãs que viram pela primeira vez um Mumford menos folk e mais Rock alternativo. A banda deixou de lado características fortes do grupo como o banjo, presente nos outros dois discos, porém, mesmo assim o trabalho chegou no top de álbuns alternativos da Billboard, esteve no Hot 100 da Billboard também.



Não é definitivo que o Mumford And Sons nunca mais irá voltar a sonoridade dos primeiros dois álbuns, mas Wilder Mind com certeza trouxe um Mumford que na sua essência é o mesmo, mas superficialmente é muito diferente. Mas diferente não é ruim nesse caso, a banda não está nem melhor nem pior que antes, as novas canções também são de alto nível e agradáveis.

A turnê que virá para o Brasil no dia 12 de Março no Lollapalooza está retorna a ativa no dia 29 de janeiro, e aí já poderemos ter mais especulações sobre o setlist para o show que os brasileiros verão pela primeira vez ao vivo.

Postar um comentário

3 Comentários

  1. Dois meses de hiato? Eles anunciaram hiato no fim de 2013 e só voltaram em janeiro de 2015... certo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, você está certa, para o público o hiato durou de 2013 até 2015, mas no texto contamos o tempo de fato parados, no fim de 2013 mesmo eles já começaram a trabalhar em Wilder Mind...

      Excluir
    2. Pelo menos foi isso que deu para entender buscando os fatos na internet... Se tiver errado, nos ajude a corrigir. e obrigada pela leitura ! =D

      Excluir